Visit Blog
Explore Tumblr blogs with no restrictions, modern design and the best experience.
#projetoversografando
caminhos-proibidos · an hour ago
Text
Ainda penso em você, e dedilho nossas memórias com as pontas dos dedos ensanguentadas, seleciono aquela que tem o teu melhor sorriso, aquele que me despia por inteiro, aquele que me levou ao céu e aquele mesmo que me largou direto na boca do inferno, já estive lá, a diferença que talvez você tenha esquecido, é que hoje eu já não queimo mais.
K.F
1 note · View note
rastrosdeumanordestina · 2 hours ago
Text
A felicidade que se colhe ao anoitecer, é proporcional ao tamanho do amor que plantamos durante o dia.
Tumblr media
1 note · View note
inutilidadeaflorada · 3 hours ago
Text
Personalidade Destorcida
Me levaste um braço Meus ouvidos Um pouco do sangue de meus lábios A última de minhas costelas Enquanto a noite se despia Eu ansiei tua vinda Eu me casei na angústia Eu me fiz orfanato Para abrigar a todos Que não tinham nome Que não tinham vaidade Que não tinham companhia Consumiam meu corpo Como ratas famintas Se arrastando e mordendo a pele Atrás de segredos e aplacar sua fome E das minhas sobras incendiariam Como se eu precisasse de purificação Mas a cruel verdade, eram eles Que queriam sentir o perfume da minha carne em chamas Onde está deus, se não nas minhas entranhas Onde está você, se não na minha boca Onde está o demônio, se não nos meus ouvidos Onde está o intermédio clínico, se não nas minhas vontades cínicas Eu como dilúvio definitivo, profiro: Os anjos caídos estão em teu encalço Eles te sufocaram com um anel de dez dedos Entretanto, deixaram-te agonizando, por vingança O desperdício e qualquer outro simbolismo És o teu atraso e menina dos teus olhos Destruindo tudo que toca como um furacão Caótica como você se esconde em desculpa brandas
5 notes · View notes
alemdoaqui · 3 hours ago
Text
BILHETE
“Ei, como se sente? tudo bem? como estão as coisas por aí?”
‘ Apesar de tudo, ainda me importo.
Fez-me gostar de um ser que nem se quer existia.
‘ Falsas expectativas.
Tudo que eu queria era te ver bem e feliz.
‘ E você mal retribuía.
Me descartou como se eu não fosse nada.
Me abri como janelas escancaradas.
E é assim que me trata?
Me destruiu com profundas facadas.
‘ Suas falas, hoje, soam como.. marmeladas.
E agora, o que me resta é te guardar nas minhas piores memórias.
‘ Que trajetória dolorida foi essa a nossa.
— Toffoli
9 notes · View notes
me-conte · 6 hours ago
Text
às vezes
sem motivo nenhum
sem ter acontecido nada no dia
a gente se sente sem rumo
perdido
// ryan lucas
43 notes · View notes
incerteza · 6 hours ago
Text
Eu sofro calada, na minha, para não preocupar ninguém. Não costumo falar quando estou mal, odeio ser um peso para as pessoas. Não é saudável, eu sei! Mas é como eu funciono. Às vezes, tudo o que eu sinto transborda pelos meus dedos, e é ali que eu descarrego uma parte do peso dos meus ombros.
Sarah Lima.
52 notes · View notes
Photo
Tumblr media
Esse é o primeiro conselho que eu lhe dou, você não chegou aqui por acaso. Quando eu estava sem forças até mesmo de ir a igreja, eu percebi que quanto mais o tempo passava mais eu me encontrava presa na depressão. E nesses piores dias, uma amiga que nem ficava comigo 24 horas bateu no meu portão me chamando para ir em uma igreja, nossa para que? Eu estava sem força totalmente, mas através daquele convite consegui ter uma força. Chegando lá, fui renovada totalmente e quis mais e mais estar perto do Senhor. Não só dentro da igreja, mas também dentro da minha casa, do meu quarto. E sempre será assim, amo o Senhor. 
-Andressa Paiva
3 notes · View notes
Photo
Tumblr media
É a presença do Senhor que nos matem de pé sabia? Eu cheguei em um momento que parecia que eu me apegava mais em alguém, em pessoas do que no Senhor. Porque quando aquelas coisas eram tiradas, eu morria por dentro então chegou algo em mim. Não! não! eu preciso buscar o Senhor todos os dias, as pessoas não podem ser minhas prioridades. A minha prioridade tem que ser o Senhor na minha vida, tua presença. Foi ai que me despertei e estou aqui para honra  glória do Senhor testemunhando o quanto é bom. Estar nesse caminho! 
-Andressa Paiva
8 notes · View notes
inutilidadeaflorada · a day ago
Text
O Mito, a Atuação e a Afirmação
Ao teu desserviço Deixe-o reencarnar A dor de recebê-lo como dádiva És maior do que tê-lo como dívida O despertar sob a pele As feridas e razões absurdas São enterradas em belezas oriundas Sua função? Distrair carrascos As sombras que formam meus algozes Tomam objetos da prateleira Como suas armas brancas E torturam-me sem pestanejar Meu nome na tua boca Mastigado com imprudência Meu corpo encontrado na sarjeta Lastimando o episódio do descaso Eu sou o deus que glorifica Os ídolos pés de barro E envio um de meus braços armados Como seu futuro altar O intervalo entre chaga e deleite Era espelhado nos versos da quaresma Pula-te um dia e uma mentira em panos quentes E terás teu álibi convergido em pronome O sagrado material exige: Beije os anéis de teus reis Comemorem a coroação espontânea Da popularidade fajuta como se fosse sua O principio de tudo é uma ferida Celebrando vida e morte E todos nós, vestidos de algozes Costuramos posturas nulas
8 notes · View notes
stupidcharliie · a day ago
Text
Estava procurando um jeito de te dizer isso, enfim, e nada melhor como escrever para você, logo, sem citar o teu nome, espero que tu seja esperto o suficiente pra entender, que, esse alto relevo é pra ti. Digo, foi bom o tempo que, tu esteve aqui comigo e hoje não é caso que não esteja, mas, é que as coisas mudaram muito, tu escolheu amar a loucura da sua vida, e eu apenas, queria e quis, amar você. Bom. Coisa boa foi!, e isso eu nunca irei negar. Eu não sei, entende? E, eu queria muito que você me dissesse, quando foi que tu se encontrou, á ponto de me deixar assim e aqui, de ladin, de escanteio como num jogo, ora, eu sei que o amor não é um jogo, porém, no nosso caso? Sim, o amor foi um jogo. E, eu me lembro. Eu me lembro de tudo e como aconteceu, como tu me apareceu, quando eu te encantei, como tu me ganhou e como nós fomos laços até que viéssemos a nos desatar. Os dias contigo foram como ensaios para a vida, e eu, não percebi. E, que pena de mim! Sei lá, eu não acredito que tu, quis me jogar pro alto e tão alto, só pra me ver cair e quebrar. Você não queria, não é? Você nunca quis, não é meu amor? Sabe, eu quis e quero muito acreditar que nós no nosso tempo, só estávamos errados e perdidos, apenas isso. Será que eu errei? Queria que soubesses que, me faço essa pergunta todos os dias, e devias saber que, minha cabeça martela as lembranças do teu nome, do teu rosto, jeito e trejeitos, em todas as sextas e sábados á noite em que estou só, porque, eram nesses dias que eu mais tinha você, enfim, nós nos tinhamos. Tu foi a personificação da minha condenação perante os céus, desde que me apaixonei por você e resolvi permanecer por algumas longas semanas ao teu lado, mesmo sabendo que você tinha/tem um matrimônio, me lembrei ontem que havia assinado uma prisão perpétua do meu coração e da minha alma sem chances de salvação diante de "Deus", todavia, reconheci que tudo foi puro e genuíno, e que, se eu for culpado de algo, logo, tu também serás, pois, tu me amou e errou, tanto quanto eu. Ah, mas, não quero dizer aqui quem errou menos ou mais, ou, dizer quem tem menos culpa que o outro, pois, isso não teria sentido, enfim, nós não tinhamos sentido de nada, apenas, nos sentiamos e eu sempre quis crer nisso. Menina, tu foi o meu lar, tu mesma dizia que, tu era a minha casa e eu sempre retruquei, que, tu era o meu melhor lugar, dentro desse mundo todo. Saudades das infinitas promessas e declarações, que, nos confundiam numa imensidão tão grande quanto á os maiores arranha - céus de Dubai, e eu nem sei se, eles são tão grandes assim. Tu foi meu café e contigo meu coração era algo bom e quente, para se sentir, embora, ele nunca tenha batido, apenas, apanhado. Querido amor perdido, foi eu, quem te dei nomes e 1001 [mil e uma] coisas mais, contigo aprendi sobre coragem e diversas pequenas coisas dessa vida, e disso, eu jamais me esquecerei.
- Jean Charles P
11 notes · View notes
Text
morena doce sabor
da pele salgada
do beijo molhado
do arrepio dos pelos
do silêncio do olhar
e da seiva ao suspirar.
celleb.
2 notes · View notes
caminhos-proibidos · 2 days ago
Text
Natureza viciante, uma série me apresentou o nome de tudo que sou, não passo de uma natureza viciante, de carne e ossos, não tenho o hábito de beber, porque se bebo, bebo até não ter mais o que beber, algum dia eu amei, e amei até virar obsessão, até meus pulmões falharem, não sei ser morno, ou pego logo fogo ou nem faísca eu faço, não sei ser metade porque me fiz inteiro e de pedaços eu já tenho os meus, ou vem como um todo, ou agradeço a visita, a porta da rua sempre vai ser serventia da casa. Sabe aquele papo de ou mergulha ou então nem ouse molhar os pés, é isso, só isso, tudo isso, se eu fosse alguma definição médica, seria parada cardíaca.
K.F
44 notes · View notes