Visit Blog
Explore Tumblr blogs with no restrictions, modern design and the best experience.
#mentesexpostas
buquessaofloresmortas-evy · 21 minutes ago
Text
privilegiado é quem ama e é amado.
evy
4 notes · View notes
origemsaturno · 47 minutes ago
Text
Pessoas que já foram muito decepcionadas nessa vida, tem o hábito de destruírem sua sanidade, atravéz dos seus atos inconsequentes. Se tornam frias, calculistas, cada passo no seu jogo. Tendem a ser desequilibradas tanto na alma quanto no psicologico.
1 note · View note
mybrokenloves · 52 minutes ago
Text
ainda penso em você ao decorrer do meu dia, me agarrando aos momentos que vivemos e o amor que sentimos. ainda sou apaixonada por você e não sei onde enterrar todo o meu sentir senão no seu peito. será que algum dia você volta?
Aganete.
1 note · View note
primaveril · an hour ago
Text
Há dores que nunca desaparecem. Adormecem, na ponta da nossa língua, nas vilosidades dos nossos intestinos, prontas a serem relembradas. E quando o são, o ciclo recomeça, como uma doença que nos tira o sono, a fome, a força. Bastam apenas uns segundos de uma melodia, ou as notas de uma fragância, para lhes dar vida.
É, fazem parte de nós. Moldam os nossos comportamentos, a nossa forma de encarar a vida e de lidar com as adversidades. Esquecê-las seria negar uma parte da nossa história e do nosso crescimento.
0 notes
rastrosdeumanordestina · 2 hours ago
Text
Sentimento é como uma flor, se rega, quem muito se ausenta do Jardim, deixa o lugar aberto para outro (a), regar sua flor.
4 notes · View notes
peixe-de-aquario · 2 hours ago
Text
Conversando ontem com uma pessoa que lê as coisas que escrevo e que se encontra em um momento sem inspiração, comentei sobre como escrever me acontece de forma natural, quase que sem controle...
Engraçado que depois, relendo o que escrevi, as palavras se juntaram de uma forma que ficou legal.
Vejam.
 Pior que é
Se eu paro e começo a escrever
Saem páginas e páginas
Mas daí perde o sentido
Então espero
E quando menos espero
Acontece
Feito agora
Escrevendo para você
Parece feito poema
Mas são só palavras soltas
Sem objetivo
Sem sentido
E ao mesmo tempo conexas
Conectadas com o que penso
Mesmo sem pensar...
2 notes · View notes
afogueada · 6 hours ago
Text
Se é uma escolha
Deixar tudo para trás
Parar de sobreviver
E assim, viver
Escolho sorrir todos os dias
Daqui em diante
Que a dor desapareça
Como as lágrimas secaram
Vai ser melhor, sim.
afogueada
1 note · View note
entreocaoseacalma · 6 hours ago
Text
Baby, angels like you can't fly down hell with me..
0 notes
consterna · 10 hours ago
Text
o desânimo me estagna mesmo sabendo que não há luxo de se ter tempo para perder.
12 notes · View notes
amortificas · 11 hours ago
Text
Você me quebrou
O meu erro foi acreditar no que é impossível, você nunca gostou de mim e agora vejo isso.
você era para ser meu apoio mas acabou sendo meu pior pesadelo.
E nada que você diga irá concertar isso
pois você so quis meu amor por umas noites e eu queria por toda vida.
Espero que na outra vida, eu seja amada como deveria
Amor dos deuses, sem segredos escondidos
O nosso futuro num belo paraíso
21 notes · View notes
consterna · 11 hours ago
Text
tantas coisas mudaram desde que você atravessou meu peito a dentro, algumas outras depois que o violou porta fora. mas, foi melhor que tenha ido mesmo que de início eu tenha trancado a porta do quarto e chorado, muito, por mais de meses como recém-nascido sendo atirado de sua casa porque eu nunca fui boa em suportar ausências. nunca deixei ninguém entrar para evitar despedidas. nunca soube dizer adeus. nunca aprendi a lidar com a vida. antes de você, antes de entender o porquê de ter te conhecido e por que você deveria ir mesmo que fosse voltar depois. você não precisa ir, não totalmente, fica aqui — eu teria dito, apesar de saber que não levamos metade nossa em canto algum e que era preciso te deixar ir. eu sabia, mas doeu pedir aos céus que carregassem meu amor com você e implorar para que as estrelas deixassem as lembranças longe, junto delas. ardeu cada milímetro de pele meu para aceitar que as pessoas vão, e só. ardeu, mas aprendi o quanto é necessário abrir mão de algumas relações, sejam elas amistosas ou amorosas, porque as coisas passam a pesar mais para nós por recebermos farelos da intensidade que entregamos e que sem perceber nos anulamos por querer manter o que não podemos ter, mesmo não tendo nada, mas seguramos tão bem o que já fugiu de nós. abrir mão dói mas é necessário. e, talvez, possam dizer que é frieza e egoísmo ir embora. então, preciso te dizer que não, não é. não é ser cruel ir, assim como nada te torna bom por ficar. existir requer escolhas, cada uma delas, diversas versões. na minha, decido que sua partida tenha sido a melhor coisa que me aconteceu, quem sabe, até para nós porque entendi que não posso me perder só para que fique ao meu lado. que não sou insuficiente por escolher me deixar. que não sou menos capaz por ter ficado por mais tempo. que não sou fraca por não suportar segurar os nós quando apertam e sufocam. que posso amar com tudo de mim, ficar aos cacos, me refazer e até amar uma próxima vez. sua ida me mostra o quanto eu só sou humana e que é preciso entender o peso disso. eu sou humana, e só. meus pés não estão no chão algumas vezes e minhas mãos nunca verdadeiramente alcançarão o céu. e tudo bem, posso fazer o que achar melhor para mim ou outro alguém seja com partidas ou o que eu tiver. isso é ser humano, falhar em algumas escolhas mas poder errar melhor na próxima vez.
13 notes · View notes
coturnos · 12 hours ago
Quote
Mas é claro que existe uma playlist que toca em quanto escrevo, se uma coisa que eu acho que é essencial pra vida, essa coisa se chama música, Daughter, Of Monsters And Men, José González, Atlas Genius, Sufjan Stevens, Banners, Foals, Mumford & Sons, Mehro, Flora cash, Jeremy Zucker & Chelsea Cutler, Sons Of The East, Black Pumas, Far Caspian, M83, Samuel J, Manchester Orchestra, Tash Sultana, Acho que se eu ficar a noite inteira aqui escrevendo sobre o que faz parte do que ouço quando escrevo, a noite em si não daria, na verdade não sei quanto tempo é necessário pra finalizar todo tipo de música que escuto, porque elas parecem células perante ao meu corpo, acho que música deveria ser o sexto sentido pra vida, só pelo simples fato da música em si fazer dá vida onde não tem, vida em texto, vida em animo, vida em coragem, vida em empolgação, vida no meio da tristeza, sei lá, música é tudo, música é mais do que a própria pessoa em seu dia, por isso os passarinhos cantão poesia pelo ar, a música é a forma mais nítida de se tocar o céu, escutar música faz os meus textos ficarem vivos, eu sou muito ruim de memória, às vezes eu nem sei como escrevo as coisas, mas quando escuto determinada canção eu lembro do que escrevi ouvindo ela, não dá pra explicar, se eu não respirasse música, meus textos morreriam por falta de ar.
Coturnos.
14 notes · View notes
coturnos · 12 hours ago
Quote
Online, acho que essa é a palavra mais usada hoje em dia, todo mundo está online em algum momento do dia, em algum canto, as pessoas se acham ou se perde em redes? A gente tem a imensa vontade de se desconectar delas mas simplesmente não consegue, eu sei existe interações humanas em todas as redes, é óbvio, vários peixes presos em redes não há outra possibilidade a não ser socializar entre eles, porém se você perguntar pra qualquer peixe, se ele prefere está em uma rede ou explorar o imenso universo subaquático que separa ele das redes, a resposta é... Acho que você deve se perguntar qual a resposta, alguns não tem outra opção a não ser a rede, não os julgo, mas peixes foram feitos pra nadar, são vidas offlines que estão onlines ou são vidas onlines que estão offlines? Eu não sei, há algumas redes que ainda me cercam. A Dory, sabe a Dory do procurando Nemo? disse uma vez: A proposito cruzar o oceano é algo que se deve fazer uma vez, aquela frase não saiu mais da minha cabeça, me senti como um peixe e sua imensa vontade de nadar, a habilidade em nadar em um campo limitado, Vi o oceano em algumas redes, mas não consegui senti-lo.
Coturnos on antibodies - Se interpretar direitinho dá pra sentir algo com isso.
31 notes · View notes
afogueada · 14 hours ago
Text
o desânimo me estagna mesmo sabendo que não há luxo de se ter tempo para perder.
-consterna
6 notes · View notes
origemsaturno · 14 hours ago
Text
Tudo que eu era desmoronou. O que sobrou foi isso. Isso que está na sua frente, alguém sem coração, incapaz de amar.
13 notes · View notes
afogueada · 14 hours ago
Text
Não há conteúdo nessas linhas
São palavras vazias
Um grito silencioso
Em meio ao desespero
Preciso de socorro
26 notes · View notes
hhsabreu · 15 hours ago
Quote
acho surreal pensar que a gente pode mudar totalmente a nossa vida de alguma forma. virar do avesso, de cabeça pra baixo, como quiser. por exemplo, você tem um certo estilo desde sempre e nunca experimentou nenhum outro, por mais que sempre teve curiosidade ou achou bonito. mas, e se você puder mudar tudo e começar a se vestir de outra maneira? nem que seja só por um tempo, aos poucos, pra ver se gosta? assim como você poderia trocar toda a sua alimentação, experimentar comidas veganas, sushi ou comidas típicas de outros países ou estados. coisas pequenas, mas que vão te dando novas perspectivas. viajar quando não planejou, viajar pra onde nem tinha pensado. acordar cedo, correr, participar de coisas que hoje parecem impossíveis. sempre estar disposto a ver com novos olhos. você pode não gostar de algo, mas não custa experimentar antes. tudo fica mais claro quando mudamos o ponto de vista. e acho que tudo é baseado nisso. nas perspectivas que temos. porque tudo é perspectiva. você foi pra tal lugar de ônibus, ficou longe do mar, pegou dias de chuva, então não teve uma boa visão do todo e não tem vontade de tentar de novo. mas aí alguém que você conhece foi pro mesmo lugar e amou. e teve os mesmos perrengues. mas soube aproveitar da maneira que deu, encontrou um ponto de vista que a satisfez e assumiu que era melhor aceitar. aproveitar como pode. ou como deve, mas adaptado. hoje, você tem uma vida que não te satisfaz. não entende como pode ter chegado a esse ponto e se martiriza pelo fato de todos os dias parecerem os mesmos e você continuar estagnado. olha as circunstâncias. se você está da mesma maneira a tanto tempo e sente que tá na hora de mudar, que tal ir pela outra curva? que tal pegar uma estrada que você não conhece? o que pode mudar? quais são as chances? vale a pena arriscar? tudo é perspectiva. tente ver com outros olhos. conhecer novos sabores. escolha descobrir, se aventurar, se conhecer. pega uma rota diferente (quase sempre) e vê no que vai dar. eu só posso oferecer uma boa viagem e dizer que espero mesmo, que você escolha viver. porque o tempo é curto e tem muita coisa por aí que você ainda não conhece. bom proveito e boa sorte, independente do caminho que você tomar.
É Coisa Da Minha Cabeça - Helen Abreu
2 notes · View notes
rememorastes · 16 hours ago
Text
"respira. é só mais um momento ruim, vai passar. não desiste. não desiste. não desiste."
eu repetia isso inúmeras vezes
sempre que sentia uma lágrima cair.
o peso que carrego aqui dentro,
parece fazer minhas pernas fraquejarem.
repetia isso inúmeras vezes na esperança de que,
eu conseguisse acreditar.
Dara Muniz.
23 notes · View notes