Visit Blog
Explore Tumblr blogs with no restrictions, modern design and the best experience.
#louis 1d
imagines-styles · 48 minutes ago
Text
BACK FOR YOU - capítulo 05.
⤷ QUEM, ALÉM DE VOCÊ QUERIA?
Tumblr media
Tumblr media
Tumblr media
Tumblr media
Tumblr media
Tumblr media
Tumblr media
Tumblr media
Tumblr media
⤷ NÃO SEJA BOBO!
— Pronto, finalizado! — disse Liam satisfeito, que segurava papéis com sua assinatura e S/N estava sentada ao seu lado, esperando por ele.
Era o quinto dia da semana, todos tentavam se livrar de qualquer trabalho para o final de semana. Ela contava os dias para que os meninos pudessem conhecer Tom, era animador saber que faltava só um dia.
Se os meninos estavam tão animados quanto ela?
Não para conhecer um pouco mais de Tom, talvez Liam gostasse da ideia por ela estar feliz, Zayn não sabe nada do garoto do restaurante, Niall tinha uma impressão boa dele, Louis não gostou nada da ideia e não era por ciúmes, Harry odiou isso, era o final de semana deles e talvez tivessem a possibilidade de voltarem aos velhos tempos com uma amizade.
— Você está pronta? Podemos ir embora? — ele perguntou.
S/n conferiu suas coisas, mexeu na bolsa para ter certeza que não esqueceu nada e deu uma última olhada nos papéis dela.
— Sim. Eu só esqueci uma coisinha e se eu não levar, Louis me mata, vamos passar na cafeteria aqui na frente antes de ir por favor.
— Eu já disse que eu acho que você é mãe do Louis? — Payne comentou fazendo ela rir.
O corredor da empresa estava quase vazio, as luzes dos escritórios estavam quase todas desligadas e as poucas pessoas que estavam ali, concentravam-se em seus trabalhos. O final do expediente sempre acabava assim, algumas pessoas iam direto para casa querendo uma bela banheira com sais de banhos e alguns iam para a cafeteria que havia em frente ao local.
A cafeteria era famosa na cidade, de tanto ser comentada pelos visitantes acabou virando ponto turístico. Era aconchegante, igual casa de vó e o cheiro de café era possível sentir do outro lado da rua.
S/N e Liam entraram no ambiente, o local estava cheio e se tinha uma mesa sobrando já estava reservada. Olharam para todos os lados à procura de qualquer espacinho para eles, mas os olhos de S/N focaram em uma mesa do canto onde estava um homem que levantou uma das mãos para chamar a atenção deles.
— Zayn! — S/N exclamou, seguiram até a mesa onde encontrava-se ele.
— Sentem aqui. Louis estava com vontade de vir aqui, mas não pode, ele com certeza vai me mandar mensagem reclamando. — Zayn sorriu, enquanto eles sentavam-se nas cadeiras restantes.
— Ele me pediu para comprar um sonho que ele gosta, diz ele que vai lá em casa depois que sair da casa da Lottie. — ela se mexeu na cadeira tentando achar uma posição confortável para conversar, e Liam apenas a olhava pensativo por ela se sacudir tanto na cadeira.
— Do jeito que a Lottie é, periga mandar ele dormir lá. — Liam falou — Você 'tá com formiga na bunda, S/N?
— Não, só estou tentando me arrumar e essa roupa 'tá me apertando. — a garota respondeu, tirando o casaco que a sufocava.
— Enfim, vocês estão animados para o final de semana? — questionou Malik, sentado de frente para S/N.
— Muito. — a jovem respondeu sorrindo.
— Acho que sim. — Liam deu de ombros. — Podemos pedir algo para comer ou você só quer pegar o sonho do Louis?
— Podemos comer, sentir o cheiro de café e pães me deixou com fome. — S/N soltou uma risada nasal.
Enquanto esperavam o pedido chegar, S/N já com fome e levemente estressada por isso. Além de esperar o pedido, a garota também esperava uma mensagem de Tom, sempre era ele e tudo agora girava em torno do garoto do restaurante.
Zayn que encarava ela, sentiu que deveria perguntar algo.
— S/N? — chamou a atenção dela e S/N mexeu a cabeça. — Por que você e Harry se odeiam?
Payne ficou em silêncio, observou a garota com preocupação e S/N surpresa pela pergunta, e nervosa de como iria responder fazendo pensar rapidamente daquele dia.
Daquele dia em que ela quebrou o coração.
Daquele dia que ela não gostava nem um pouco de lembrar.
Ela se movimentou mais um pouco na cadeira, tentando formular uma resposta que não saísse em gaguejos ou em um choro.
— Ele foi...um babaca comigo na adolescência e...tenho meus motivos para odiar. — S/N respondeu com calma, segurando o choro, talvez de raiva, mas sua mente ainda era uma armadilha frágil.
✩。:*•.─────────────────.•*:。✩
A jovem saiu do banheiro, o dia ainda nem havia acabado e já estava sendo horrível para ela.
A semana de provas finais chegando, tendo que ficar 24 horas com a cara dentro de cadernos e livros escolares.
Sexta-feira não era mais dia de festa e quem ia à festa sabia que não teria chance de passar no último ano, para aquelas pessoas a faculdade estava longe dos seus planos, totalmente diferente dos de S/N.
Ela planejava se formar, trabalhar e talvez construir uma família com seu namorado — na verdade, a paixão era forte, e nada poderia fazer aquilo acabar.
Sabemos que namoro de adolescente pode não durar para sempre, casamento é algo falado, mas todos sabem que era quase impossível futuramente acontecer. E não estavam errados, pelo menos nesse caso.
O relacionamento nem era assumido para ninguém, apenas Harry, S/N e Kendall, claro — Kendall, era a melhor amiga da garota, se conheceram no 6 ano da escola. — sabiam e contariam para Louis, Liam, Niall e Zayn quando completasse o segundo mês de namoro.
Ainda estavam no primeiro mês, mas o sentimento pelas duas partes era forte demais, o amor escondido era desde o jardim e agora que sabiam que era recíproco, fariam qualquer coisa para nunca acabar.
Caminhando pelo corredor principal da escola, era possível escutar vozes de alunos conversando e professores falando sobre a matéria de ensino. Aproximando-se da porta onde ficavam os materiais de limpeza, vozes familiares estavam presentes ali. E ela sabia quem era.
Harry e...
Tentava descobrir a segunda voz, chegando mais perto com a intenção de descobrir quem falava e o que era falado ali.
Kendall
"Por que Kendall, minha melhor amiga e meu namorado? Que coisa estranha" pensou ela.
Parou em frente a porta, podendo escutar a conversa com facilidade.
— Não seja bobo! — Kendall disse.
E S/N prestava atenção do outro lado da porta, olhou para os lados, assegurando que não vinha ninguém.
— Qual é o seu problema, Kendall? — Harry parecia estar com raiva, pelo que S/N conhecia e sabia como era.
— Eu não tenho problema nenhum, mas sabemos que você queria ficar comigo!
S/N surpresa pela confissão, mas ainda esperava uma resposta de Harry, talvez uma resposta negando.
— Isso foi no início do ano, está com a memória falha? — Styles respondeu, e não foi do jeito que S/N queria, aquilo significava que ele confirmou.
Ela ainda tinha esperança, seus olhos seguravam as lágrimas, querendo sair pelo menos uma gota de choro. E S/N também segurava qualquer vulnerabilidade que queria ser libertada dela.
— Isso chega a ser engraçado, a escola inteira sabe que você só ficou com ela porque eu estava de rolo com o Sam. — Sam, o segundo cara mais popular da escola, o primeiro era Harry, sem dúvidas. Kendall puxou Harry para perto, encostando o seu nariz ao dele, as respirações ofegantes pelo calor que estava ali, e não era pelo espaço pequeno. — Por que ainda estamos negando o que acontece entre nós?
— Kendall não po- — Harry não pode finalizar, logo recebendo um beijo de Kendall.
Ele não queria Kendall, nunca quis. O sentimento do início do ano era para tentar esquecer S/N, o que obviamente não deu certo. Harry já havia avisado S/N sobre como a garota era insuportável e faria qualquer coisa para terminar o relacionamento deles. S/N não levou a sério, e Harry estava certo.
As pernas de S/N estavam bambas, seu coração queria pular para fora. Sem escutar mais as vozes dos dois, abriu a porta rapidamente, dando de cara com Kendall agarrada em Harry.
Ela não acreditava, não era possível. Quem imagina que sua melhor amiga e seu namorado vão estar na pequena sala de produtos de limpezas dando alguns beijos, com o maior fogo, ninguém imagina e nem quer que isso aconteça.
A presença dela interrompeu o beijo deles, que viraram seus rostos para ela, S/N não aguentou e soltou todas as lágrimas que guardou por toda a vida, Kendall nem sequer movimentou-se do lugar, Harry não estava nervoso, estava preocupada de como iria fazer ela acreditar nele.
Sem esperar explicações, já que não precisava para S/N, ela escutou tudo e isso já era o suficiente. Correu em direção a saída da escola que estava longe, a visão embaçada pelas lágrimas, e as pernas tremendo dificultando a caminhada.
Harry tentou seguir mas foi novamente puxado por Kendall, que disse que tudo ficaria bem e que já estava na hora de voltar para a aula. E foi o que ele fez, com o coração na mão, e preocupado com sua garota, voltou para a aula. E ele sabia que não teria como fazer nada, ela não iria acreditar nele já que viu a cena toda, Harry entendia ela, se fosse com ele fazia o mesmo.
O caminho demorado pela extensão do corredor, ela só queria deitar na sua cama e chorar para sempre, sem muita atenção por onde andava, S/N sentiu seu ombro bater em alguém, sendo parada por essa pessoa.
— S/N? — a mesma reconheceu a voz rapidamente, era Liam.
Levantou seu rosto com lágrimas escorrendo pelo mesmo, secou o nariz que estava vermelho e olhou para Liam que abraçou a garota sem saber o que havia acontecido.
— Ei, está tudo bem! Vamos aproveitar o intervalo e podemos ir para minha casa? O que acha, solzinho? — Liam ainda agarrava ela no abraço, deu um beijinho nos cabelos dela, e S/N soltou um risinho por ele ter usado o apelido de quando eram menores.
S/N tirou o rosto do ombro dele, antes de responder limpou o rosto para tirar as lágrimas que ainda desciam lentamente.
— Por favor, eu só quero ir para casa.
Liam pediu para ela esperar no estacionamento da escola, para que ele pudesse pegar o material que S/N tinha deixado na sala de aula.
Os minutos esperando pareciam décadas para ela, seus pensamentos ainda estavam na cena. A cada lembrança vinha junto com lágrimas, era um combo e ela não havia pagado para aquilo.
— Agora estamos em casa, com mais calma, me diga o que aconteceu quando encontrei você chorando? — Payne preocupado com a amiga perguntou, os dois estavam sentados no sofá da sala.
A casa de Liam estava vazia, sem familiares, apenas com seu pequeno cachorrinho que esfregava-se nos pés de S/N e sacudia o rabinho de felicidade pela visita da jovem.
— Meu cachorro está animado pela sua visita, olhe! — Liam tentou animar a garota que olhava cabisbaixa para o cachorro.
S/N colocou seu olhar em Liam, sua cabeça doía enquanto lembrava dos detalhes para conseguir contar a ele, ela estava disposta a contar e talvez ele seria o único de seu grupo de amigos a saber. Depois ela pensaria em alguma desculpa mentirosa para seus amigos.
— Eu e Harry estávamos namorando, só Kendall sabia. — ela confessou e Liam ficou boquiaberta. — Estava voltando do banheiro quando escutei alguém conversando, me aproximei para saber quem era. — S/N segurava o choro, olhando para o cachorrinho que deitou ao seu lado pedindo carinho e ela passava sua mão nos pelos marrons e grandes dele. Respirou fundo tentando evitar o choro. — Era Kendall e Harry, fiquei surpresa porque Harry me disse que não gostava dela, mas a conversa não parecia de alguém que não gostasse. — Liam tinha toda sua atenção na jovem que contava com calma o acontecido. — Conversavam na sala de limpeza, e então Kendall falou com essas palavras, consigo me lembrar "Isso chega a ser engraçado, a escola inteira sabe que você só ficou com ela por que eu estava de rolo com o Sam." — ela imitou a voz irritante de Kendall, fazendo Liam rir.
— Me desculpe, mas não me aguentei, depois dessa imitação idêntica eu tenho certeza que ela falou isso. — o moreno disse e S/N deu um sorriso desanimado.
— Quando abri a porta, encontrei eles se beijando. — S/N não sabia o peso daquela frase na sua cabeça, e doía, então desabou em choro.
Liam abraçou fortemente ela, ele não sabia como era a dor de ser traído por alguém que ama e tudo que podia fazer era confortar a garota.
— Eu me entreguei a ele, Liam. Deu todo meu amor para...aquele garoto e em troca recebi isso. — ela chorava no ombro do companheiro.
Seu corpo todo doía.
Seu coração pedia ajuda.
E sua mente a destruía com lembranças.
— Sinto muito, mas olhe para você S/N. — Payne pediu, saindo do abraço de alguns minutos e S/N o encarou estranha, não entendia. — Você é incrível, merece o mundo e eu sei que você é capaz de tê-lo para você, você é extremamente adorável.
— Oh Deus, obrigada. — S/N tentava se recompor, arrumando seus cabelos e limpando o rosto. — Podemos deixar isso entre nós? Não quero que os outros saibam, principalmente Louis, não suportaria ver sua cara se soubesse que seu melhor amigo não é quem ele pensa. E não sei se estou totalmente confortável a falar desse assunto com outro alguém, além de você.
Liam foi seu primeiro amigo no jardim de infância, o menininho era doce e amigável. E a amizade seguiu forte, mesmo com o grupo, a relação deles era incrível.
— Está tudo bem, solzinho e minha boca é um túmulo. — Payne colocou o dedo indicador na boca, em sinal de silêncio e ela riu pela bobagem feita.
— Obrigada por tudo! — S/N beijou o rosto do amigo, apertando suas bochechas e Liam pediu socorro mentalmente.
✩。:*•.─────────────────.•*:。✩
— Me desculpe pela pergunta, não sei o que deu na minha cabeça. — Zayn percebeu o desconforto dela e sentiu-se um belo de um idiota.
— Não tem problema, isso me faz lembrar mais do motivo e eu ficar com mais raiva dele. É bom. — S/N brincou a fim de aliviar o clima tenso, e Zayn gargalhou.
Liam encostou a mão na dela que estava em cima da mesa, e S/N virou o rosto, enquanto Malik agradecia o garçom pelo pedido ter chegado.
— Não preciso dizer o motivo para você. — S/N olhou para cima com os olhos cheios de água, soltando um suspiro longo e Payne fez um carinho com a mão nela, era doloroso ver a amiga sofrer por algo de anos.
explicação de gírias/expressões:
• mlk é moleque
• fdp é filho da put4
• 9vinho é novinho.
• lek é moleque
• fds é f0d4se
• pf é por favor
fiquem à vontade para mandarem sugestões, dúvidas sobre a fic que responderei todas <3
2 notes · View notes
pathetic-dreamy · an hour ago
Text
Okay, here it goes. Lou, I love you. I love how smart you are. I love how beautiful you are. I love your face, and I love your butt. I should've written this down first.
- Harry Styles (proposing)
6 notes · View notes
larry-is-real2809 · 2 hours ago
Text
Harry: Lou do you still remember when we first met?
Louis: yes babe, it was the best day of my life <3
13 notes · View notes
herprincess-3 · 3 hours ago
Text
Vibes
Tumblr media
7 notes · View notes
Text
Tumblr media
Tumblr media
So we're just not gonna talk about Louis here like how is he so smol? Lmao and he's so unfazed plss
6 notes · View notes
louiscassettes · 21 hours ago
Text
it just hit me that the billboard decade-end social 50 is of the 2010-19 years. as in pre pandemic when his engagement was not the absolute insanity it is right now. and as in when louis was the only one who still did NOT have a solo album out. and yet.
55 notes · View notes
stylouisx28 · 21 hours ago
Text
to be so niam to be so ❤️🇮🇪❤️🇮🇪❤️🇮🇪❤️🇮🇪❤️
12 notes · View notes