Visit Blog
Explore Tumblr blogs with no restrictions, modern design and the best experience.
#literaturabrasileira
pupiladomundo · 2 days ago
Text
Kintsugi
Às vezes, em meio a rotina caótica do fim do mundo, pairam segundos suficientes para que eu pense em outras coisas. Para que eu lembre o passado, olhe para a desordem de dentro e suas próprias sombras. Seu singelo brilho, sincero. Quem seria eu se não tivesse cruzado o caminho do primeiro amor platônico aos cinco anos? Eu meio lembro e meio invento o olhar pueril de criança travessa do seu rosto, perdida na tolice da estranheza de pensar se o conhecia. Mas penso mais ainda se me conhecia. Antes e depois, quem eu sou?
Imagino os cachinhos de outro alguém, a primeira traição de uma amiga que disse ao anjinho barroco que eu gostava dele — daí ele mudou sua mesa  do jardim de infância. Foi por isso, não é? Importa? —, logo eu, que sequer me reconheço na criança outra que falava de sentimentos com a transparência que necessita a exposição? Era eu? Sou?
Mas eu me calaria se não tivesse falado antes? Eu calaria hoje o grito que me ecoa doído sem que ninguém ouça? 
Por Deus, por quê eu penso tanto? E se pensasse menos, que seria eu?
E se sentisse menos? Ou não abrisse mão de todos os amores para encontrar-me livre? Se não vacilasse e caísse tantas vezes? Se não remoesse o passado de alguém que não sou mais? E que não me lembro quando foi que deixei de ser.
Entretanto sou a mesma, a mesma boba e mais ridícula, sensata na insanidade. Eu sou poeta e aprendi a amar, sim. Se não amasse, não sofria, se não sofresse não escrevia e não seria eu.
Talvez eu saiba. Sim, eu meio sei quem sou e sou só eu. Mesma matéria, carne. Ideias furadas que não cessam. E mais. Mais o brilho todo dos erros e a graça da poesia.
Eu sou os cacos de cada queda, unidos pelos dias dourados e mais espessos a cada alvorada. Sou kintsugi e não me pareço com a perfeição de outrora. Sou perfeita à maneira minha, ao meu próprio caos, infinitamente belo.
Por Bia Barbosa.
Tumblr media
0 notes
thewrongoodbye · 5 days ago
Text
I'M STILL HERE
Eu ainda estou aqui,
esperando pelo tempo...me desfazendo pelas horas
me arrastando dolorosamente até onde não está você...
0 notes
thewrongoodbye · 5 days ago
Text
INICIO DE CARTAS PARA MINHA LILY
Querida,
faz tempo tenho tentado fugir do passado, das lembranças, quando caio meus olhos sobre a noite, lembro das mechas escuras que escorriam pela sua clavícula no lado esquerdo, onde eu adorava tocar os meus lábios delicadamente, lembro das noites
claras,
silente
e ardentes.
0 notes
thewrongoodbye · 5 days ago
Text
FACE ÀS CLARAS
Os dedos tocam a superfície
Como reconhecer  o estranho 
Ser indivíduo, ambíguo
duas metades em face 
A linha tênue embaraçosa 
Cresce ao umbigo 
No ímpeto de deixar-se na esquina 
e voltar correndo para casa 
Os traços soltos dos olhos, livremente 
A alma aberta instável 
Ao passado não cabe existir
memórias distorcidas de um velho endereço
As faces não vistas 
Ao passado não cabe, existir 
Somente saudade 
Devastar-se à margens de lágrimas 
Chorar como o rio que foge 
Clara saudade que cresce no âmago 
onde saltam as borboletas
Lembrança infante da voz nitidamente no tempo 
A voz nítida e os sentidos atônitos 
o corpo cambaleante 
Amar o estranho
dono de toda a verdade 
Confiar o estranho ainda assim
Tudo isso alí,
 às claras            
                    Sara Silva 
1 note · View note
r-silva-escritor · 7 days ago
Photo
Tumblr media
Terminei A Caminho de Marte a uns quatro meses! Mas não posso deixar de postar aqui o que achei dessa leitura! Foi uma escola de conhecimento e novas descobertas para meu acervo de conhecimento pessoal. Evair Gontijo é sem dúvida um cientista e Escritor de respeito. A dinâmica de suas explicações é simples mas repleta de conhecimento! Não tem como não aprender, não tem como não se emocionar e não tem como não amar uma obra tão bem escrita. Para alguém que almeja ir para o planeta vermelho como eu esse livro é um ativador de nostalgia e nos faz sonhar alto! Para quem gosta de astronomia esse é um livro indispensável. Segue o link no perfil! Breve retornarei com os vídeos de resenhas e colocaremos as leituras já feitas em dia! #acaminhodemarte #editoraarqueiro #literaturabrasileira #autornacional (em Niterói, Rio de Janeiro, Brazil) https://www.instagram.com/p/CPyr84FjT-f/?utm_medium=tumblr
0 notes
pupiladomundo · 7 days ago
Text
Microfone de lapela
Eu ainda lembro de ver a Fátima no telejornal e só ter olhos para o seu microfone de lapela. Um acessório interessante mesmo para quem não entendia sua estética e sequer sua funcionalidade. Curioso e bonitinho o objeto capaz de dar voz a uma mulher na frente do país inteiro. Se não bonitinho, pelo menos curioso.
Por anos, prendi uma presilha tic-tac na camiseta pra dizer que era apresentadora de qualquer coisa, que sabia do que falava, que dizia coisa importante. Moleca, passava as tardes falando bobagem em frente ao espelho, conversando com as coisas como toda criança que brinca sozinha. Daí deve ter vindo a vontade de ser jornalista, em algum momento tênue entre a infância e a adolescência, com sonhos de brincante e impulsos revolucionários. Durou até os dezesseis, então larguei de mão os sonhos de jornal e abracei a literatura.
Quero Letras, eu disse ao vestibular e (me permito a vaidade) passei na estadual mais foda. Quase milagre. De pública para pública. Quase formada, uns boletos me convidaram ao reingresso da escola pública, brincar de magistério.
Era um jogo novo pra mim, desafiador, mas surpreendente só até entender que já tinha praticado a infância toda com o microfone de presilha. Eu não era jornalista, nem apresentadora, eu não tinha produção (nem imaginária) e o técnico de som também era eu. Eu tinha um fone de ouvido com microfone integrado e uns clipes de papel pra engalfinhar na gola. Eu tinha menos da metade dos alunos de uma turma me esperando do outro lado da tela. Eu tinha um abajur de plástico barato e o reflexo num espelho digital ao lado de anotações e exercícios de uma aula sobre modalização, enquanto só conseguia pensar nos modalizadores da fala de um governador que quer ostentar a melhor educação do país com muita estatística e pouca infraestrutura. Eu tenho sangue nas veias.
Mas eu também tinha esperança, quase como de criança, e vontade de dizer a verdade, por vezes, falando sozinha. Era só um clipe na minha gola, mas eu tinha voz pra essa molecada.
"Eu tô ouvindo agora, prô.", eu li no chat.
Uma publicação compartilhada por Bia Barbosa | Escrita 📝💡 (@biabarbosa.writer)
1 note · View note
cheiade9h · 9 days ago
Photo
Tumblr media
Na semana passada você conferiu uma lista de livros que Helena (de "Um expresso e o início de tudo") leria e hoje é a vez de Patrício (de "Ensaios de Patrício Casanova"). Nesse caso são livros que Patrício NÃO leria 👁️👄👁️ Se você já leu o conto do Patrício Casanova, sabe que ele é o odiador Número Um da banda The Beatles e todos os livros citados tem alguma coisinha relacionada a banda, vamos ver? Livro: Através do Universo Autora: Beth Revis Motivo: O título original desse livro é "Across the universe" que também é o título de uma das músicas da banda.  Patrício JAMAIS leria.  Livro: O Príncipe Cruel Autora: Holly Black Motivo: Tem uma personagem que se chama Jude.  Patrício ODEIA a música "Hey Jude". Livro: Blackbird Autora: Anna Carey  Motivo: O título do livro também tem o mesmo título que outra canção dos Beatles.  Não e não, Patrício não leria.  Livro: Os prós e os contras de nunca esquecer Autor: Val Emmich Motivo: A capa & o nome da protagonista (Joan Lennon)... Precisa de mais motivo? Você incluiria algum outro livro nessa lista? Me conta aí! "Ensaios de Patrício Casanova" está disponível na Amazon, link na minha bio 👻 #LiteraturaBrasileira #PatricioCasanova #OPríncipeCruel #BlackBird #AtravésDoUniverso #OsPrósEOsContrasDeNuncaEsquecer https://www.instagram.com/p/CPtb2gPD3UK/?utm_medium=tumblr
0 notes
robertacirne · 9 days ago
Photo
Tumblr media
O CAVALO FANTASMA DA ESTRADA DO ENGENHO BARBALHO TEXTO: ROBERTA CIRNE (AFTER JAYME GRIZ) CONTATOS PARA PALESTRAS: rccc2@hotmail.com OU POR DIRECT @sombrasdorecife No raro livro de 1969 de Jayme Griz - “O Cara de fogo” ele nos traz um conto sobre o cavalo que é uma assombração na estrada do Barbalho, e vou recontá-lo aqui. Zé Cambinda era trabalhador do Engenho Barbalho, que na época ficava a meia légua da cidade do Cabo. Mês de agosto, pleno domingo, dia de folga e de feira. E ele estava a aproveitar o tempo: bebeu uma cachacinha na barraca de seu Tonho, embeveceu-se admirando as animadas “mulheres da vida” cantando e dançando na chamada Rua do Sapo. Terminou a noitada no Maracatu de Zé Inácio, e os cantos e batuques o emocionaram em sua alma de negro crioulo. Já eram mais de onze da noite quando atravessou a linha do trem de volta na direção do Engenho do Barbalho. Os canaviais que margeavam a estrada se estendiam a perder de vista, até o Rio Pirapama. Já já começaria o corte da cana. De repente, começou a chover. Chuva fina mas que certamente iria engrossar. Havendo muitas bananeiras por ali ele cortou a folha de uma e a usou a guisa de guarda-chuva. Uma “rasga-mortalha” passou por ele voando baixo, mau agouro no ar... De repente, escutou o tropel. Ia se aproximando de mansinho, cada vez mais perto. Era um cavalo a pleno galope na madrugada escura da estrada. Estranhou. Assustado, Zé Cambinda saiu da estrada e se ocultou atrás das canas mais próximas e aguardou. Eis que surge na curva da estrada um imenso cavalo preto com olhos candeios, fosforescendo na noite. Ao lombo levava dois vultos imprecisos, mas que ele conseguiu discernir como um homem e uma mulher. No rastro da assombração vinha uma ventania fria uivando alto, ensurdecedora. O cavalo passou igual um bólido e sumiu na noite, em direção à cidade. . . #sombrasdorecife #pernambucosangrento #monstro #assombração #terror #aparição #fantasma #horror #baseadoemfatosreais #lendasurbanas #folclore #folclorebrasileiro #pernambuco #lendasdorecife #historiasdehorror #terror #custódia #literaturabrasileira #medo #historiasdeassombração #contosdeterror #recife #lendasdointerior #creepypasta #cemitério #livros (em Estrada Do Barbalho) https://www.instagram.com/p/CPtDaqZDi8J/?utm_medium=tumblr
0 notes
radmugpsychichands · 10 days ago
Video
Todos convidados 🔉#literatura #literaturabrasileira @amantes_leitura @amantesdo_livros2 @livrosfantasticoseondehabitam_ https://www.instagram.com/p/CPqpNXopIgl/?utm_medium=tumblr
0 notes
thisisluizaneves · 12 days ago
Photo
Tumblr media
○ Dona Aranha   Dona Aranha me enrolou em sua teia de mel, e me abençoou com sua atenção: Amável como abraço quente. Dona Aranha impediu de me afogar em fel, e deu seu olhar acolhedor. Sutil como sempre, chegou como quem quer estar, e estando, ao meu lado foi se aproximar. Mansa como fera adormecida. Dona Aranha me salvou de Babel, e me segurou com o seu amor. Não era traiçoeira como eu esperava, e meio enfeitiçada, dei-lhe tudo o que era meu.   Luiza Neves    
1 note · View note
Photo
Tumblr media
" Eu poderia ter o mesmo pai, a mesma mãe, ter frequentado o mesmo colégio e tido os mesmos professores, e seria uma pessoa completamente diferente do que sou se não tivesse lido o que eu li. Foram os livros que me deram consciência da amplitude dos sentimentos. Foram os livros que me justificaram como ser humano. Foram os livros que destruíram um a um meus preconceitos. Foram os livros que me deram vontade de viajar. Foram os livros que me tornaram mais tolerante com as diferenças." Martha Medeiros #amamoslivros #marthamedeiros #livrosqueamo #livrosquetransformam #livrosqueedificam #leiatododia #livrosfazbem #leituraemvozalta #leituradodia #lendolivros #literaturabrasileira #mulheresempoderadas #leitoras (em Conceição do Rio Verde) https://www.instagram.com/p/CPmLh2WH35m/?utm_medium=tumblr
0 notes
h-opesanddreams · 14 days ago
Text
Resenha: "A Filha Ideal", Aione Simões
Resenha: “A Filha Ideal”, Aione Simões
📚✨ Oi, meus beletristas! Hoje trago a resenha de um conto que devorei em um dia, de tão envolvente que é a escrita da Aione. Aione Simões é booktuber, escritora, book blogger e minha veterana da Letras – USP. Conheci a escrita dela através da antologia de contos “Vidas na Noite“, depois li o livro “Escrito nas Estrelas?” (meu preferido dela até então), o conto “Cinco Minutos“, e, por último, li…
Tumblr media
View On WordPress
0 notes