Visit Blog
Explore Tumblr blogs with no restrictions, modern design and the best experience.
#carteldapoesia
silenciadu · 19 minutes ago
Text
das coisas que te escrevi na estação do metrô
espero que você se lembre das vezes em que riu alto e fez caretas e dançou sem se importar se alguém estava olhando. de quando tirou fotos quando tinha acabado de acordar e postou no story porque se sentiu bem ao natural. espero que nos dias nublados, você se lembre daquela vez em que a chuva cessou e você foi pular nas poças e admirou o perfeito contraste do céu alaranjado com todas as cores do arco íris. e que você também lembre de quando saiu apesar do mundo que caía e do quanto o céu trovejava. das vezes em que teve medo e preferiu apenas senti-lo no seu cantinho, e de quando decidiu guardá-lo no bolso para enfrentar seu temporal de emoções apesar de todo o barulho que fazia.
porque é preciso força para resistir a tempestade, e é necessário coragem para apenas observá-la da janela.
espero que quando você estiver escrevendo mais um capítulo da sua trajetória, você não apague todo o resto mas o preserve em um lugar especial em sua memória. como um museu, você sempre gostou de museus, da beleza que há em contar histórias e conhecer o passado para compreendermos nosso presente, do silêncio singelo que preenche o espaço de tempo destinado a observar uma obra de arte, da explosão de significados que se pode captar apenas olhando um quadro. eu espero que você se lembre das vezes em que pintou nosso cinza com todas as cores que te cabiam, de como fazíamos festa com as tintas; de como brincávamos como crianças, do riso puro e sincero ao percebermos que estávamos marcados com nosso interior em nosso exterior, de como éramos transparentes. quero que saiba que minha alma reluz a cada recordação do teu sorriso e do teu rosto manchado de tinta azul exposto ao sol de um fim de tarde.
porque você sempre foi, para mim, mais arte que artista.
espero que você se lembre do cheiro de um café sendo passado logo pela manhã, da luz que entra por aquela brechinha da sua janela e te acorda aquecendo sua pele. das vezes em que andou descalço sentindo a natureza em seus pés e se permitiu conectar consigo mesmo e com o mundo - o seu mundo - que te cerca e auxilia em sua formação. daquela noite em que, chegando em casa, escutou um miado e percebeu que um gatíneo havia te adotado. de quando cantou no karaokê como se estivesse no chuveiro. porque, você sabe, para mim a música sempre foi mais sobre o que a letra transmite do que sobre quem canta.
mas tudo sempre fica melhor na sua voz.
espero que se lembre das cartas que escreveu e das que recebeu. das vezes em que se fez casa e abrigou as dores de outra pessoa tomando-as como suas. de como você sente de forma real e intensa. dos amores que duraram três meses, dos que duraram seis, e daquele que durou dois anos. daquela conversa em que entendeu e guardou como um segredo em seu íntimo: o amor não é (apenas) sobre o tempo. teu sentir não se mede em um relógio. e amar vale a pena. porque amar é sobre juntar alegrias, é sobre decisão. e você sempre foi a pessoa mais decidida que conheci. espero que se lembre das vezes em que foi embora, das que ficou e ficou acompanhada, e das que ficou sozinha. porque entendeu que solidão e solitude são coisas distintas, e então dançou sobre os seus medos e do chão batido fez brotar teu próprio jardim.
espero que você se lembre daquela música que escutou no rádio do carro e nunca soube o nome, e da maneira como ela foi capaz de descrever perfeitamente alguns momentos da sua vida. de quando cuidou das asas machucadas de um passarinho que caiu em seu quintal. de como o dia em que ele voltou a voar significou liberdade para você também. porque cuidar dos machucados que não são seus é seu jeito de se curar de uma dor que só você conhece.
espero que você se lembre de todas as vezes que caiu, e das que levantou. das que gritou e das que silenciou-se. espero que se lembre de si. do nosso caderno que nos serviu como linha de tempo. das palavras trocadas. pensamentos expostos. sentimentos compartilhados. fotografias tiradas. viagens realizadas. espero que se lembre de mim. porque essa é sua estação preferida. do ano, da rádio, do metrô. porque foi aqui que tudo começou e onde se encerra. espero que você se lembre de tudo e conserve com todo o afeto que retém. porque você merece viver sem o peso dos instantes que te fizeram crescer e ser melhor.
e o que escrevi são apenas pequenas frações da sua vida e de quem você é. apenas uma mínima porção do quanto prestei atenção em cada detalhe da maravilhosa criação que você é. do quanto a admirei - e admiro. do quanto sempre vou amar você. porque você é boa em fazer as pessoas te amarem apenas por ser você. e você é você sem nem perceber.
então eu espero que se lembre de tudo isso e de todo o resto da sua caminhada. espero que não tenha arrependimentos, e que seu último suspiro seja de satisfação por ter sido humanamente extraordinária. você merece lembrar. tua existência é maior que qualquer plano, é imensa e brilhante, impossível de segurar e de não perceber. imparável. é especial demais para não ser lembrada e apreciada.
eu vou lembrar de você. e Deus sabe o quanto sou grato por isso.
3 notes · View notes
vurtune · an hour ago
Text
eu não gosto de escrever acho que nunca gostei de fato escrever é um exercício doloroso demais que por vezes não te leva a lugar algum ainda que a escrita tenha me salvo inúmeras vezes da própria loucura queria não ter essa necessidade para tentar expor tudo aquilo que não consigo dizer em bom tom
assim como não sei dançar pintar cantar atuar fotografar ou até mesmo tocar algum instrumento como forma de expressar esse caos que me envolve também não sei se sei escrever
mesmo que com o tempo tenha aprendido a ver alguma beleza nesse amontoado de frases colocadas de forma totalmente aleatórias como se isso pudesse significar alguma coisa além do que realmente é ainda assim grande parte se resume a uma confusão de palavras escritas sem nexo algum da mesma forma que não consigo sintetizar droga alguma aqui dentro e porquê haveria de ser diferente no papel, afinal?
desejo do fundo meu âmago poder gritar colocar essas cordas vocais para funcionarem uma vez se quer na vida deixar com que sejam dilaceradas pelo doce prazer de ser percebido e talvez assim pudesse me desfazer de parte de tudo isso que me consome aos poucos
mas me contento em dar apenas um longo e profundo suspiro de forma quase que patética
voltando a estaca zero.
vurtune
0 notes
ecoandopoesia · an hour ago
Text
Mulher, o tamanho da tua saia Não encobre a tua força Nem o teu desejo de lutar O universo, ele não é nada Perto do que tu tens a mostrar Elogios são clichê Perto do que se vê diante de ti Seus olhos são como constelações Que guiam os marinheiros Pelos mares do teu sorriso Tu és indecifrável Mas basta ser confiável Para ganhar o teu manual Frase de destaque: O universo, ele não é nada Perto do que tu tens a mostrar @noseluas
5 notes · View notes
markowisks · 2 hours ago
Text
Você já leu algum livro que você custou a virar a página e muitas das vezes você coloca este livro de lado e vaii fazer outra coisa, talvez até ler outro livro e foi até o fim. Sabe aquele livro que tu não terminou de ler esta ali, naquele cantinho e provavelmente tu nunca vai ler, tenha coragem deixa ir, dá ele de presente para alguém. Assim são os relacionamentos rasos, não se prenda, deixa ir.
0 notes
eternoretorno · 3 hours ago
Text
Mapeei seu corpo com as palmas da minha mão, e ainda que eu não pudesse ver, saberia como te tocar, e conseguiria descrever cada curva sua.
~Larissa M.
0 notes
eternoretorno · 3 hours ago
Text
-Você tem muitas pintinhas
-Sim, mas não gosto delas
-Pois eu amo, são minha constelação particular
~Larissa M.
1 note · View note
eternoretorno · 3 hours ago
Text
Não, eu não imagino nós dois no silêncio da noite.
Eu imagino nós dois em meus sonhos, eu imagino nós dois quando eu acordo, quando ligo a tv e vejo um filme que você gosta, quando sinto uma fragrância de perfume similar a sua, eu imagino nós dois quando leio um romance, quando vejo um casal apaixonado na rua.
No final das contas, não, não penso em você no silêncio da noite, penso em você o dia todo, e não no silêncio, você faz parte da agitação e barulho constante da minha mente.
~Larissa M.
1 note · View note
peixe-de-aquario · 4 hours ago
Text
Conversando ontem com uma pessoa que lê as coisas que escrevo e que se encontra em um momento sem inspiração, comentei sobre como escrever me acontece de forma natural, quase que sem controle...
Engraçado que depois, relendo o que escrevi, as palavras se juntaram de uma forma que ficou legal.
Vejam.
 Pior que é
Se eu paro e começo a escrever
Saem páginas e páginas
Mas daí perde o sentido
Então espero
E quando menos espero
Acontece
Feito agora
Escrevendo para você
Parece feito poema
Mas são só palavras soltas
Sem objetivo
Sem sentido
E ao mesmo tempo conexas
Conectadas com o que penso
Mesmo sem pensar...
3 notes · View notes
hashimoto3-14 · 4 hours ago
Text
Uma carta direcionada a ninguém...
Não há mais vida em mim. Deus roubou-me a poesia por definitivo desta vez. Pedras voltaram a ser apenas pedras e a vida já não tem sentido outra vez.
Esse looping de alegrias ardentes seguidas de tristezas torturantes vem trazendo tanta confusão e melancolia. Há tanto que eu quero, mas já não sei se terei novamente.
Incertezas estão me fazendo sangrar de um jeito nunca vivenciado antes, mais uma vez o destino me jogou em uma bifurcação e mais uma vez não sei pra onde ir. Lágrimas vem escorrendo descontroladamente sem que eu perceba, lágrimas se fazem presente nos mais inoportuno dos lugares. Eu já não tenho controle sobre a tristeza que me habita.
Direita ou esquerda? Ir ou ficar? Continuar me doando ou desistir?
Já não aguento esse maldito sentimento me consumindo. A cada dia a melancolia aumenta, a cada dia a tristeza corrói e a alegria se torna mais e mais escassa.
Transbordo de tristezas e flagelos. Talvez as coisas realmente tenham um prazo de validade e meu medo é que esse prazo já tenha passado da data limite. Ainda há algo em nossa ampulheta ou tudo já foi consumado? Sinto que cada dia a distância é maior e a cada dia resta menos coisas em que se apegar.
Conselhos me deixam mais deprimida, concordo com tudo que me dizem, apenas não sei o que fazer a respeito.
Dúvidas me atormentam e eu já não sei o que fazer sobre isso, se não sofrer compulsivamente...
Com medos, tristezas e inseguranças, H.
0 notes
persuar · 10 hours ago
Text
Eu não sustento falsidade e nem cultivo fofocas, no badalar do sino a noticia chega : É hora de ir embora
-Queila
1 note · View note
persuar · 10 hours ago
Text
Agora eu sei, todos os ângulos do seu caráter.
2 notes · View notes
persuar · 11 hours ago
Text
Demônios
Tu pensas que me conhece,
 O fundo dos meus olhos você nem checou 
 Acho graça, nas trevas ou na luz, no meio termo não importa.
Demasiada camaleoa, na brasa do meu coração não apaga a faísca da vida
 Em meus dedos escorrem para a terra todo mal que tu me fez.
Eu não desisto, sigo meu caminho,
Não escondo meus demônios inclusive até os soltei, enquanto ler esse verso 
olhe para trás um deles pode esta a sua espreita esperando que tu fraqueja
 seus demônios radioativos te consomem e tentaram me consumir enquanto os meus eu estalo os dedos e faço eles sumirem daqui.
1 note · View note
infernarais · 11 hours ago
Text
A massa da terra é de 5,97×10²⁴ kg, mas meus sentimentos de alguma maneira pesam mais.
0 notes
persuar · 12 hours ago
Text
oi?
Eu venho aqui, reclamo de algumas coisas em forma de poesia, 
Tento passar algum tipo de experiência, 
Quem tem mania de me ver como demônio ? 
Saiba que quem chama também é
É como Lucifer dos quadrinhos ou será constantine ?
Isso importa ? que se foda queria eu ser anônima me expus tanto que guardam minhas informações na gaveta, achando que podem me pegar no futuro
eu digo estou sempre preparada pois venham, vocês gostam de confusão eu gosto de atenção quem sabe não somos todos almas gêmeas esse mar de gente que me ignora e me odeia 
Fingem não se incomodar com a minha presença mas não param de pensar em mim. E ai como vai ser? Eu to acostumada e você?
0 notes
consterna · 12 hours ago
Text
o desânimo me estagna mesmo sabendo que não há luxo de se ter tempo para perder.
13 notes · View notes
gilsonhos · 12 hours ago
Photo
Tumblr media
😔 AVISO AO AMOR
Amor para de ficar brincando com meu coração, Você sabe bem que ele é tão frágil e ingênuo. Que sempre se machuca acreditando em ilusão, Depois sofre tanto para se refazer em silêncio.
Quando ele ama se entrega por completo, Tem mania de acreditar em sonhos e fantasias. E por não saber deixar de ser tão intenso, Às vezes dá muito valor a quem não o valoriza.
Por isso amor te peço tenha com ele cuidado, Pois como dá trabalho quando está apaixonado. Onde só pelo pensamento já bate acelerado.
Nós dois sabendo a dor que causa a decepção, De como é complicado superar uma desilusão, Então por favor , amor, não brinque com meu coração.
Gilson Rodrigues @Gilsonhos
Imagem tirada do Google Direitos autorais reservados ®
#poetavirtual #poesiamarginal #poetas #poesias #sonetos #novospoetas #novosescritores #poemas #versos #rimas #poetasmineiros #slammed #estrofes #carteldapoesia #projetocartel #Gilsonhos
Adquira meu livro no link abaixo https://clubedeautores.com.br/livro/o-sonetista https://www.instagram.com/p/CN8MEZBMCeT/?igshid=1fn82lp26ajlw
0 notes
gilsonhos · 12 hours ago
Photo
Tumblr media
🔞 BEM SAFADO ❤️
Heterônimo #Cecilia_de_Moraes
Como eu gosto de um amor bem safado, Daqueles que gozo até pelo pensamento. Que me pega de jeito, de lado, de quatro, Deixa o corpo suado, cansado e satisfeito.
É bom demais ser com ousadia devorada, Sentindo prazer a cada movimento voraz. Implorando entre gemidos …não,não para, Depois de saciada ainda querer mais e mais.
Sou capaz da mais indecentes loucuras, Onde me entrego as pervertidas vontades, De realizar meus desejos com intensidade.
Adoro um sexo bem atrevido e bem selvagem, Abusado cheio de malícia e sacanagem, Daqueles que arrepiam a pele de saudade.
Gilson Rodrigues @Gilsonhos
Imagem tirada do Google Direitos autorais reservados ®
#poetavirtual #poesiamarginal #poetas #poesias #sonetos #novospoetas #novosescritores #poemas #versos #rimas #poetasmineiros #slammed #estrofes #carteldapoesia #projetocartel #Gilsonhos
Adquira meu livro no link abaixo https://clubedeautores.com.br/livro/o-sonetista https://www.instagram.com/p/CN7X5LzMooP/?igshid=bx74768gmk7q
1 note · View note
gilsonhos · 12 hours ago
Photo
Tumblr media
🔞 ARDE ❤️
Tens em tua pele tão quente calor ardente, Que se espalha a cada movimento que faz. Incendiando o corpo de um jeito indecente, Saciando vontades deixando tudo queimar.
Geme sendo invadida pelo intenso anseio, Soltando vogais enquanto ele entra mais. E no vai e vem sussurrar os teus segredos, Provando em sincronia do que é capaz.
Por cima domina e sacia as suas fantasias, Se encaixar de forma atrevida e devassa, E entre tuas pernas conduz com ousadia a cavalgada.
Por baixo se entrega sem pudor ou vaidade, Querendo do prazer toda a sua intensidade, Pois quanto mais o desejo queima mais a pele arde.
Gilson Rodrigues @Gilsonhos
Imagem tirada do Google Direitos autorais reservados ®
#poetavirtual #poesiamarginal #poetas #poesias #sonetos #novospoetas #novosescritores #poemas #versos #rimas #poetasmineiros #slammed #estrofes #carteldapoesia #projetocartel #Gilsonhos
Adquira meu livro no link abaixo https://clubedeautores.com.br/livro/o-sonetista https://www.instagram.com/p/CN6G4CzgKVc/?igshid=1qewwbrbxyqu0
0 notes
gilsonhos · 12 hours ago
Photo
Tumblr media
VOCÊ ME COMPLETA
Como não te desejar todos os dias por toda vida, Sendo que minutos longe morro de saudade, Se e estando contigo que tenho prazer e alegria, Sentindo ao teu lado o que é íntima felicidade.
Quero o gosto de teus beijos em meus lábios, Ser com calma devorado pelo teu faminto olhar. Ter em todo meu corpo o teu cheiro espalhado, E com prazer satisfazer nossa vontade de amar.
Contigo em meus braços eu me sinto completo, E quanto mais te tenho mais e mais te quero, Tornando nossos momentos juntos tão perfeitos.
Ah! se você pudesse ler os meus pensamentos, Se pudesse ver os sonhos que contigo eu tenho, Entenderia porque meus beijos ,abraços ,são tão intensos.
Gilson Rodrigues @Gilsonhos
Imagem tirada do Google Direitos autorais reservados ®
#poetavirtual #poesiamarginal #poetas #poesias #sonetos #novospoetas #novosescritores #poemas #versos #rimas #poetasmineiros #slammed #estrofes #carteldapoesia #projetocartel #Gilsonhos
Adquira meu livro no link abaixo https://clubedeautores.com.br/livro/o-sonetista https://www.instagram.com/p/CN41085s71_/?igshid=1982tiipf6had
0 notes
gilsonhos · 12 hours ago
Photo
Tumblr media
NÃO SEI SE EXISTE
Gosto quando comigo se sente totalmente livre, Se entregando sem medo ,receio ou vergonha. Satisfazendo as tuas vontades, desejos e fetiche, E do meu corpo inteiro demonstra ser dona.
Doma - me de uma forma que tanto enlouquece, Realizando os seus íntimos sonhos e fantasias, De um jeito tão ousado ,abusado , indecente, Numa sintonia repleta de intensidade e malícia.
Assim, sobre mim, você me controla com prazer, Onde cada movimento aumenta o meu querer, De poder da mesma forma também te satisfazer.
Pois quando estamos juntos não há limites, A gente se aceita, se provoca, se permitir, E se tem amor maior do que o nosso, não sei se existe.
Gilson Rodrigues @Gilsonhos
Imagem tirada do Google Direitos autorais reservados ®
#poetavirtual #poesiamarginal #poetas #poesias #sonetos #novospoetas #novosescritores #poemas #versos #rimas #poetasmineiros #slammed #estrofes #carteldapoesia #projetocartel #Gilsonhos
Adquira meu livro no link abaixo https://clubedeautores.com.br/livro/o-sonetista https://www.instagram.com/p/CN34vOZMPTO/?igshid=hwrlrxynkwug
0 notes